10 Melhores plataformas para criar um Blog

10 Better platforms to create a Blog

1 – WORDPRESS (SERVIDOR PRÓPRIO OU SERVIDOR WORDPRESS.COM)

O WordPress é o líder do momento das plataformas de blogs. É fácil de usar, flexível, e tem um grande leque de plugins e temas fantásticos que potenciam todo o já grande potencial do WordPress. Pode criar o seu blog no servidor WordPress.com, ou fazer o download e instalar num servidor próprio. A instalação é muito fácil e rápida, não sendo necessários conhecimentos avançados para o fazer. Além disso, há uma enorme comunidade WordPress mundial, que contribui massivamente para o desenvolvimento de plugins e temas para WordPress, e em Portugal a referência é a Escola WordPress.

2 – TUMBLR (SERVIDOR TUMBLR.COM)

O Tumblr não é considerado como uma plataforma de blog a 100%, mas sim uma plataforma que se situa entre o micro-blog e o blog completo, podendo-se chamar mini-blog. Pode usar como desejar e tem uma quantidade razoável de temas disponíveis, que vão crescendo de dia para dia com a ajuda da sua comunidade online.


3 – BLOGGER (SERVIDOR BLOGGER.COM)

A plataforma Blogger já existe há bastante tempo, tendo sido adquirida pela Google em 2003. Apesar de o Blogger ter tido muitas melhorias ao longo dos tempos, se for dado a escolher entre Blogger e WordPress, a grande maioria dos blogueiros escolhe WordPress. Não sendo uma má plataforma, não oferece as funcionalidades e particularidades que os utilizadores avançados procuram, e que encontram no WordPress.

4 – POSTEROUS (SERVIDOR POSTEROUS.COM)

Tal como o Tumblr, Posterous é uma plataforma que lhe permite partilhar pensamentos, ideias, vídeos e fotos de uma forma rápida e fácil. Permite-lhe bloggar através de e-mail e tem total integração com Twitter e Facebook, que lhe confere uma particularidade que oscila entre o micro-blog e o blog completo, podendo-se afirmar como um mini-blog.

5 – MOVABLETYPE (SERVIDOR PRÓPRIO)

MovableType é uma plataforma poderosa à semelhança do WordPress, e é usado em blogs que geram grande tráfego, como Cameron Moll, Huffington Post ou Gawker. Uma das particularidades é a facilidade com que se pode criar vários blogs na mesma instalação, no entanto continua na sombra do WordPress, apesar de ter tido melhorias significativas quando se tornou Open Source.

6 – EXPRESSIONENGINE (SERVIDOR PRÓPRIO)

O ExpressionEngine é uma plataforma rica em funcionalidades, que além de ser usado como blog pode ser usado para sites mais complexos, graças à sua flexibilidade. No entanto nem tudo são boas notícias, uma vez que uma licença de equipa freelancer (3 ou menos pessoas) custa $99.95, uma licença não-comercial custa $149.95 e uma licença comercial fixa-se nos $299.95.

7 – JOOMLA (SERVIDOR PRÓPRIO)

Com Joomla é extremamente fácil criar um blog, um website de uma empresa, um website de negócios online, ou mesmo redes sociais. É poderoso, fácil de instalar e usar e tem uma enorme comunidade em todo o mundo. Tal como algumas plataformas, as extensões/plugins para Joomla levam a que esteja 1 passo à frente de muitos.

8 – DRUPAL (SERVIDOR PRÓPRIO)

Drupal e Joomla são bastante semelhantes no que toca ao seu propósito, embora o Drupal esteja mais orientado para websites de comunidades. É uma das melhores plataformas para criar um blog, e como algumas das aqui presentes, permite também criar além de blogs, outro tipo de websites ao critério do programador. Tem uma comunidade apaixonada por Drupal e conta com um grande leque de plugins disponível.

9 – PENZU (SERVIDOR PENZU.COM)

Penzu chegou recentemente e já anda nas bocas do mundo. A ideia de Penzu é que nem toda a gente quer partilhar o seu blog com o mundo inteiro, então tem opções de privacidade que lhe permitem decidir se quer e quando quer partilhar os seus posts. É semelhante a um jornal ou um diário, ainda assim conta com a possibilidade da introdução de conteúdos. É uma opção a manter debaixo de olho!

10 – LIVEJOURNAL (SERVIDOR LIVEJOURNAL)

Ainda que o nome LiveJournal não lhe soe a um blog, este tem alguma funcionalidade como tal. É grátuito, e é orientado a comunidades que pretendam partilhar massivamente os seus conteúdos usando também outros meios sociais. Um senão é o facto de na versão gratuita haver anúncios. Apesar de alguns contras, continua a ser uma boa plataforma para se bloggar.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...